ANTAQ promove caminhada “Rio Limpo, Amazônia Viva” em Santarém

Atividade fez parte do “Projeto de Coleta Seletiva nas Embarcações de Passageiros da Navegação Interior na Região Amazônica”
Caminhada contou com a participação de cerca de duas mil pessoas

Aconteceu nesta sexta-feira (28), em Santarém, a 1ª Caminhada “Rio Limpo, Amazônia Viva”, que fez parte do “Projeto de Coleta Seletiva nas Embarcações de Passageiros da Navegação Interior na Região Amazônica”, ação que a Agência desenvolveu no município paraense, em parceria com a prefeitura, a Companhia Docas do Pará e a Fundação Esperança.

Cerca de duas mil pessoas participaram da caminhada. O percurso se iniciou na Praça Tiradentes e seguiu até a Praça do Pescador. Para participar da caminhada, os cidadãos tiveram de levar um quilo de alimento não perecível, o que dava direito a um kit, com camisa e copo sustentável. “Essa iniciativa foi muito interessante. Foi uma boa maneira de mobilizar as pessoas para que preservem nossos rios, para que diminuam o uso de copos descartáveis”, disse a autônoma Eliana Marques, 34 anos, moradora de Santarém, que estava com a família reunida para participar da caminhada.

Resíduos eletrônicos

Antes da caminhada, a população de Santarém deu mais um exemplo de ação sustentável. As cidadãs e os cidadãos levaram até a Praça Tiradentes resíduos eletrônicos para que a Descarte Correto, empresa localizada em Manaus, cuidasse de forma apropriada desses materiais. Foram deixados produtos de tecnologia da informação, de telecomunicações e eletrodomésticos, que lotaram o caminhão da empresa.

Resíduo eletrônico sai de Santarém e segue para Manaus

O diretor da empresa, Alessandro Dinelli, explica que depois da coleta os produtos passam por um processo de triagem e de classificação. Logo em seguida, há a fase de descaracterização, a montagem, manutenção, limpeza e embalagem. “Isso acaba gerando computadores em bom estado, por exemplo, para serem encaminhados a centros profissionalizantes e a organizações sociais. Se não conseguimos reutilizar, nós transformamos em matéria-prima e fazemos sua destinação. Por exemplo, o ferro, que segue para siderurgia”, explica Dinelli.

O diretor da empresa fala que a Descarte Correto faz coleta de diversos produtos, entre eles estão notebooks, netbooks, celulares, hds, placas de rede, placa de som, teclados, estabilizadores.

Visita técnica

Neste sábado (29), os diretores da ANTAQ, Adalberto Tokarski (geral) e Mário Povia, e servidores visitaram as instalações do Terminal de Operações Portuárias da Bertolini em Santarém. São 11 mil metros quadrados, onde trabalham cerca de 600 funcionários. Movimenta-se carga geral, que vem do país inteiro e é distribuída, principalmente, para as cidades do entorno de Santarém. Em seguida, a comitiva da Agência visitou as instalações de apoio ao transporte aquaviário e outras instalações portuárias localizadas no município.