fernandofonseca3
Fonte: ASC/ANTAQ – Jorge Lúcio

Apresentações Fotos Vídeos

Fernando José de Pádua Costa Fonseca é cidadão brasileiro, nascido em 6 de dezembro de 1959. Sua formação acadêmica abrange a graduação em Engenharia Civil, realizada na Escola de Engenharia do Triângulo Mineiro (Uberaba-MG) entre 1978 e 1983, e pós-graduações/especializações em Engenharia Econômica pela AEUDF (março/dezembro de 1985); MBA em Regulação e Concessão de Serviços Públicos pela Fundação Getúlio Vargas – FGV – (março/agosto de 2000); em Gestão Ambiental no Setor de Transportes pela Universidade de Brasília (setembro de 2002 a junho de 2003); e MBA em Defesa da Concorrência pela FGV (setembro de 2009 a agosto de 2011). Consta ainda a participação em cursos, seminários e missões no exterior relacionados ao setor portuário.

Iniciou sua vida profissional na Empresa de Portos do Brasil S/A (PORTOBRÁS) como engenheiro de portos e vias navegáveis em dezembro de 1983, tendo mantido seu vínculo até dezembro de 1990. Nessa instituição ocupou cargos de chefia relacionados à elaboração de propostas orçamentárias, assim como planos de desenvolvimento e expansão para setor portuário brasileiro.

A partir de 1990, passou a ocupar cargo de engenheiro sênior na Companhia Docas do Rio de Janeiro, tendo sido requisitado, já em março de 1991, pelo Ministério dos Transportes para ocupar diversos cargos em comissão, todos relacionados ao planejamento e desenvolvimento da infraestrutura de transportes.

No ano de 2002, foi então requisitado pela recém-criada Agência Nacional de Transportes Aquaviários para novo exercício de cargo em comissão, o que se deu até a sua admissão efetiva, em dezembro de 2005, para o cargo de Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Aquaviários, no 1º concurso público promovido por aquela autarquia.

Uma vez pertencente aos quadros da ANTAQ, passou a desempenhar funções relevantes como de Gerente Geral, Gerente Executivo e Superintendente, todos dentro da Superintendência de Portos, onde exerceu atividades de fiscalização, planejamento e elaboração de normas referentes às outorgas portuárias. Finalmente, em dezembro de 2012, foi nomeado para exercer interinamente o cargo de Diretor da ANTAQ, cargo para o qual agora é indicado pela Excelentíssima Senhora Presidente da República para exercer mandato.

Cumpre destacar ainda sua participação como presidente e presidente suplente em diversos Conselhos de Autoridade Portuária, desde 2002 até o ano de 2012.